SÓ GOSPEL FREE SÓ GOSPEL FREE .:: SÓ GOSPEL FREE ::.: Missionário infectado com ebola recebe soro experimental, tem melhora e família agradece orações
Site Oficial |Trocamos divulgações |Fazemos parcerias|

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Missionário infectado com ebola recebe soro experimental, tem melhora e família agradece orações

  • SHOPPING CIFRAS
  • Missionário infectado com ebola recebe soro experimental, tem melhora e família agradece orações
    A nova epidemia de ebola no continente africano vem preocupando as autoridades de saúde de todo o mundo e alarmando a população
    em geral. O missionário norte-americano Kent Brantly, que atua como médico pela agência de missões Samaritan’s Purse foi infectado na Libéria e esteve à beira da morte.
    Transportado para os Estados Unidos após ser medicado com um soro experimental desenvolvido no próprio país, Kent teve uma melhora surpreendente de suas condições, informam as agências de notícias.
    A esposa do missionário, Amber Brantly disse no último domingo, 03 de agosto, que as autoridades permitiram que ela visitasse o marido e saiu com esperança: “Eu pude ver o Kent hoje. Ele está de bom humor. Nossa família está regozijando”, resumiu.
    A agência missionária emitiu comunicado agradecendo pela melhora do médico: “Louvamos a Deus pela notícia de que o estado de Kent está melhorando. Podemos confirmar que Kent recebeu uma dose do soro experimental antes de deixar a Libéria”, dizia o texto, de acordo com o Christian Post.
    O soro, que ainda não havia sido testado em humanos, foi enviado de jato para a Libéria e aplicado no missionário antes que ele fosse transportado para os Estados Unidos. O avião estava equipado com uma tenda de isolamento para tratar de doenças altamente infecciosas, e após a chegada no país, Kent foi levado para a unidade de isolamento do Hospital Universitário Emory, construída há doze anos para tratar os funcionários do governo federal do setor de saúde que fossem expostos às moléstias mais perigosas do mundo, segundo informações da revista Veja.
    A missionária Nancy Writebol, que acompanhava Kent nos trabalhos na Libéria também foi infectada e deverá receber o mesmo tratamento.
    “Agradecemos a Deus porque eles estão vivos e agora têm acesso aos melhores cuidados do mundo. Estamos muito gratos pela ajuda que recebemos do Departamento de Estado, o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças), o Instituto Nacional de Saúde, a OMS e, claro, ao Emory Hospital”, afirmou o pastor Franklin Graham, presidente da agência missionária Samaritan’s Purse.
    O vírus ebola foi descoberto em 1976 e provoca uma grave doença conhecida como febre hemorrágica ebola, que pode afetar seres humanos e primatas. Um surto da doença pode levar à morte até 90% das pessoas infectadas, e atualmente não existe vacina e nem cura para a doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a atual epidemia no continente africano já vitimou mais de 729 pessoas desde março deste ano, de um total de 1.300 infecções.
    Fonte: G+

    0 comentários:

    Curta nossa FanPage
    OBRIGADO À TODOS OS MEMBROS E VISITANTES DESTE SITE, COMPARTILHEM NOSSOS CONTEÚDOS, ASSIM VOCÊ TAMBÉM ESTARÁ EVANGELIZANDO. QUE DEUS OS ABENÇOE!