SÓ GOSPEL FREE SÓ GOSPEL FREE .:: SÓ GOSPEL FREE ::.: Extremistas muçulmanos divulgam vídeo da explosão do suposto túmulo do profeta Jonas; Assistam!
Site Oficial |Trocamos divulgações |Fazemos parcerias|

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Extremistas muçulmanos divulgam vídeo da explosão do suposto túmulo do profeta Jonas; Assistam!

  • SHOPPING CIFRAS
  • Extremistas muçulmanos divulgam vídeo da explosão do túmulo do profeta Jonas; AssistaOs radicais muçulmanos do grupo Estado Islâmico (ISIS na sigla em inglês) divulgou o vídeo da explosão da mesquita
    que foi erguida
    no local onde se considera que os restos mortais do profeta Jonas estava enterrado.
    O profeta bíblico também é reverenciado por muçulmanos, e segundo historiadores, seu corpo foi enterrado em Nínive, mesma cidade a que foi enviado para pregar aos incrédulos e que hoje, faz parte do território iraquiano e é conhecida pelo nome de Mosul.
    Anteriormente, os extremistas do ISIS haviam divulgado um vídeo mostrando a profanação do túmulo. Como não foram mostradas maiores evidências, surgiram dúvidas de que o local mostrado sendo violado fosse realmente o túmulo do profeta bíblico. Agora, um vídeo da detonação de toda a mesquita, incluindo o túmulo do profeta, foi divulgado por diversas emissoras de televisão.
    Segundo o site The Wire, os radicais destruíram a mesquita e o túmulo de Jonas pelo fato de o profeta ser uma figura presente nas tradições judaico-cristãs. “ISIS ameaçou destruir qualquer santuário que considere não-islâmicos”, noticiou o portal.
    De acordo com um relatório da agência France Press , os extremistas explodiram a construção à distância: “Primeiro impediram as pessoas de fazer suas preces na mesquita, colocaram as cargas explosivas no entorno e interior e, em seguida, explodiram-na em frente a um grande número de pessoas”, relatou uma testemunha que preferiu não se identificar.
    Assista ao vídeo da explosão da mesquita construída sobre a tumba do profeta Jonas:

    Radicais

    Os radicais do ISIS são considerados extremistas demais até pelos membros da Al-Qaeda, conforme noticiou o Jornal Nacional na última semana. Os Estados Unidos, que pouco tempo atrás ainda ocupava o território iraquiano, teme que o avanço dos extremistas coloque em xeque a estabilidade de toda a região e se concretize um processo de erradicação de cristãos, que são minoria religiosa no país.
    Fonte: G+

    0 comentários:

    Curta nossa FanPage
    OBRIGADO À TODOS OS MEMBROS E VISITANTES DESTE SITE, COMPARTILHEM NOSSOS CONTEÚDOS, ASSIM VOCÊ TAMBÉM ESTARÁ EVANGELIZANDO. QUE DEUS OS ABENÇOE!