SÓ GOSPEL FREE SÓ GOSPEL FREE .:: SÓ GOSPEL FREE ::.: Predestinação e o Convite do Evangelho (Charles H. Spurgeon)
*/
Site Oficial |Trocamos divulgações |Fazemos parcerias|

sábado, 2 de junho de 2012

Predestinação e o Convite do Evangelho (Charles H. Spurgeon)

  • SHOPPING CIFRAS
  • Predestinação e o Convite do Evangelho (Charles H. Spurgeon)

    Sinopse do livro Predestinação e o Convite do Evangelho

    Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.
    João 6:37
    “Estas duas sentenças têm sido consideradas como representativas de dois aspectos da doutrina cristã. Permitem-nos vê-la de dois pontos de vista – em direção a Deus e em direção ao homem. A primeira sentença contém o que alguns chamam de alta doutrina. Se por ‘alta’ eles querem dizer ‘gloriosa para com Deus’ concordo plenamente com eles; pois é uma grande e divina verdade o que o Senhor Jesus declara nestas palavras: ‘Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim.’ Alguns têm identificado este lado da verdade como Calvinista; mas enquanto é verdade que Calvino a ensinou, também o fizeram Agostinho, Paulo e o próprio Senhor, de quem são estas palavras. No entanto, não discutirei com aqueles que vêm nesta sentença uma declaração da grande verdade da graça da predestinação. A segunda sentença estabelece uma abençoada e encorajadora doutrina evangélica, sendo na verdade uma promessa e um convite: ‘O que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora.’ Esta é uma declaração sem nenhuma forma de limites: tem sido entendida como deixando a livre graça de Deus aberta ao livre arbítrio do homem, de tal sorte que quem porventura se agradar dela pode vir e ter certeza de que não será recusado. Não temos permissão para reduzir o sentido de qualquer uma destas frases, nem existe nenhuma necessidade de fazê-lo. A primeira sentença parece-me dizer que Deus escolheu um povo, e entregou este povo a Cristo, e que este povo deve ir e irá a Cristo, e será assim salvo. A segunda verdade declara que todo homem que vem a Cristo será salvo, uma vez que não será lançado fora, o que implica dizer que ele será recebido e aceito. Estas são duas grandes verdades; vamos levá-las conosco, pois ambas se contrabalançam entre si.”
    Charles H. Spurgeon

    0 comentários:

    Curta nossa FanPage
    OBRIGADO À TODOS OS MEMBROS E VISITANTES DESTE SITE, COMPARTILHEM NOSSOS CONTEÚDOS, ASSIM VOCÊ TAMBÉM ESTARÁ EVANGELIZANDO. QUE DEUS OS ABENÇOE!